Trabalhamos com criatividade e disciplina, com foco e abrangência para mapear as melhores oportunidades de investimento e antecipar tendências.

Dividimos com você, aqui, um pouco da forma Verde Asset Management de pensar.

Luis Stuhlberger participa da Live do Valor

Visões do gestor e perspectivas para 2021

O CEO e CIO da Verde Asset, Luis Stuhlberger, foi o entrevistado da Live do Valor. Um dos gestores mais incensados do mercado de fundos brasileiro por sua atuação à frente do fundo multimercado Verde, Stuhlberger fez uma apresentação sobre o fechamento deste ano de pandemia e as perspectivas para 2021, além de suas visões atuais sobre os mercados.

Clique aqui para assistir.

Tags: , , , ,

 

‘Queda da bolsa na pandemia foi muito exagerada’, diz gestor da Verde

Para Pedro Sales, a história de longo prazo de boa parte das empresas não mudou. A asset trabalha com uma visão positiva sobre a bolsa de valores

Uma das gestoras de recursos mais renomadas do país, a Verde Asset Management trabalha com uma visão positiva sobre a bolsa de valores. Apesar do efeito negativo da pandemia no curto prazo, na avaliação da casa, a crise não afetou o valor das empresas em um horizonte mais longo.

Tem muita gente impressionada com os níveis de preços [na bolsa] dada a incerteza que estamos vivendo na pandemia. Mas, olhando para frente, se a visão de longo prazo de uma determinada empresa não mudou, o impacto no seu valor é baixo. Para a enorme maioria das ações que acompanhamos na bolsa, a história de longo prazo não é impactada pela pandemia”, afirma Pedro Sales, gestor de ações da Verde.

Para ele, não há uma distorção entre o bom desempenho recente da bolsa e a situação ainda fragilizada da economia. Mais que isso, Sales diz haver muitas empresas na bolsa com um nível de preços bastante interessante — casos de Vale e Petrobras.

Clique aqui para ler a matéria completa.

Tags: , , , ,

 

Verde participa da live do Valor Investe

Pedro Sales, nosso gestor da Estratégia de Ações Brasil, participa da live do Valor Investe.

“Dado que há pouca visibilidade durante as crises, evite bancar o herói e focar nas ações que podem subir se as coisas derem certo. O ideal é construir um portfólio que navegue bem em qualquer cenário

Confira na íntegra o bate-papo entre Pedro Sales, nosso gestor da Estratégia de Ações Brasil, e a editora-assistente do VI, Daniele Camba, na live do Valor Investe, sobre o cenário atual da bolsa brasileira diante da crise do coronavírus.

A transmissão está disponível no canal do Valor Investe no Youtube. Clique aqui para assistir.

Tags: , , , ,

 

Verde participa da Live do Valor

Daniel Leichsenring participa da Live do Valor, realizada pelo jornal Valor Econômico.

Daniel Leichsenring foi convidado pela equipe do Valor Econômico para um bate-papo com o jornalista Sergio Lamucci para analisar o impacto da pandemia na economia brasileira e como será a recuperação.

A transmissão está disponível no canal do Valor Econômico no Youtube. Clique aqui para assistir.

Tags: , , , ,

 

É prematuro falar em recessão, diz Verde

Matéria exclusiva com Pedro Sales, para o Valor Econômico
Pedro Sales, gestor de ações da Verde Asset: ambiente de juro muito baixo representa risco em caso de ajuste. Foto: Claudio Belli/Valor

O Brasil do juro baixo e das reformas está em posição privilegiada para enfrentar o risco de maior enfraquecimento global e deve se beneficiar do excesso de liquidez no mundo. Apesar da forte correção recente das ações brasileiras, fruto da piora na aversão ao risco no exterior, não faz sentido apostar em recessão e transformar esses impactos de curto prazo no “novo normal”, porque a Selic reduzida ainda dá suporte ao investimento na bolsa. A opinião é de Pedro Sales, gestor de estratégia de ações para o Brasil da Verde Asset.

O estrangeiro não se animou com o Brasil, mas dizer que vai se iniciar uma crise é um pouco forte. Não quero dizer que simplesmente não vai acontecer, mas qualquer leitura baseada em prazo mais curto não funciona”, afirma Sales, ao Valor.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Tags: , , , ,

 

“Posição do Brasil no ciclo econômico é muito favorável”

Matéria exclusiva com Daniel Leichsenring, para o Valor Econômico
Daniel Leichsenring: “Controle do gasto público permite que o Brasil tenha juros civilizados por um período prolongado”. Foto: Cláudio Belli/Valor Econômico

O economista-chefe da Verde Asset Management, Daniel Leichsenring, está otimista com as perspectivas para a demanda doméstica brasileira no restante deste ano e no próximo. Para ele, empresas e famílias já ajustaram o seu nível de endividamento, há sinais importantes de melhora do crédito, como se vê pelo aumento das operações no mercado de capitais e nos empréstimos bancários para pessoas físicas, e os juros deverão cair mais e permanecer em níveis baixos por um período prolongado.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Tags: , , ,

 

‘Brasil não aprendeu absolutamente nada com a crise econômica’

Matéria exclusiva com Daniel Leichsenring, para o jornal Valor Econômico
Daniel Leichsenring: “Brasil é uma sociedade que falhou retumbantemente em melhorar a perspectiva econômica”. Foto: Ana Paula Paiva/Valor Econômico

O Brasil não aprendeu “absolutamente nada” com a grave crise econômica que fez o PIB encolher 3,5% em 2015 e outros 3,5% em 2016, diz o economista-chefe da Verde Asset Management, Daniel Leichsenring. “Nós desperdiçamos uma crise e não conseguimos nem sequer tirar lições dela”, afirma ele, ao comentar as dificuldades que o próximo presidente deverá ter para tentar resolver o conflito distributivo. A sensação dominante parece ser a de que “o Estado vai prover tudo”, segundo Leichsenring.

O economista cita o caso da greve dos caminhoneiros, ocorrida em maio, que provocou desabastecimento, afetando a produção e o comércio. O que mais lhe chamou a atenção não foi a paralisação em si, mas o apoio de uma fatia enorme da população ao movimento – 87% dos entrevistados por pesquisa do Datafolha disseram concordar com a greve. “Isso é
absolutamente inacreditável. As pessoas foram afetadas no seu dia a dia, não conseguiram se locomover, tiveram desabastecimento, houve uma série de problemas e ainda assim a população apoia”, afirma ele. “O ambiente no país está tão inóspito que as pessoas aprovam qualquer coisa que na cabeça delas signifique algum tipo de demonstração contra o governo, contra o establishment.”

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Tags: , , , ,

 

Queda da taxa de poupança afeta PIB potencial, diz economista do Fundo Verde

Matéria exclusiva com Daniel Leichsenring, para o jornal Valor Econômico
“Temos ajuste fiscal de R$ 300 bilhões a R$ 350 bilhões para fazer, é 5% do PIB”. Foto: Silvia Constanti/Valor

A perspectiva de um crescimento mais forte em 2018 não entusiasma o economista-chefe da Verde Asset Management, Daniel Leichsenring. Para ele, a recuperação cíclica, estimulada pelos juros baixos, deve levar a uma expansão de 2,5% a 3% em 2018, mas os problemas estruturais da economia continuam a impor obstáculos à capacidade de o país crescer a taxas mais altas de modo sustentado.

Na visão de Leichsenring, a forte queda da taxa de poupança doméstica nos últimos anos, puxada pelo setor público, tem implicações negativas sobre o crescimento potencial, a evolução das contas externas e a queda dos juros de longo prazo. O economista cita ainda como problemas a demografia desfavorável e os maus investimentos feitos nos anos recentes.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Tags: , , , ,

 

“O Brasil é uma ilusão de ótica”, Luis Stuhlberger

Entrevista exclusiva com Luis Stuhlberger, para o jornal Valor Econômico
Mercado foi em cima da “intenção” e houve um “overvaluation” de Brasil. Foto: Silvia Constanti/Valor

Nos últimos anos, Luis Stuhlberger, gestor do Verde, um dos fundos mais antigos e bem-sucedidos do mercado brasileiro, vem carregando uma visão pessimista do país. Depois de afirmar em 2015 que vivíamos o “ano de Jó” e de recear no início do ano passado que após o fundo do poço o Brasil encontrasse um “alçapão”, ele admite que foi pego no contrapé não apenas pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff mas pelo início do governo Michel Temer. Uma equipe econômica qualificada, nomes como o de Pedro Parente na Petrobras e a forte agenda de reformas fizeram o mercado apostar forte na “intenção”, como define o gestor, mascarando problemas de longo prazo.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Tags: , , ,

 

PIB potencial de 2,5% é inatingível, diz Leichsenring, da Verde Asset

Matéria com Daniel Leichsenring, para o jornal Valor Econômico

O economista-chefe da Verde Asset Management, Daniel Leichsenring, projetou um cenário pessimista para a recuperação econômica do país no encerramento do primeiro dia de atividades da “2017 Latin American Investment Conference”, evento promovido pelo Credit Suisse hoje e amanhã em São Paulo. Mirando sua caneta de laser em gráficos abrangentes sobre a situação econômica do país, Leichsenring disse a uma plateia de mais de mil profissionais do mercado financeiro e investidores que o Brasil está em via de retomada, mas trata-se de uma recuperação “bastante lenta e gradual” e que é “inatingível” para o país um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) potencial como a média de 2,5% ao ano vista entre 1980 e 2016.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Tags: , , , , ,

 

Este conteúdo foi preparado pela Verde Asset Management S.A., bem como suas sociedades afiliadas (conjuntamente “Verde”), tem caráter meramente informativo e não deve ser entendido como análise de valor mobiliário, material promocional, solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro ou investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégia de investimento por parte dos destinatários. As informações referem-se às datas e condições mencionadas e não serão atualizadas. Os cenários apresentados podem não se refletir nas estratégias dos diversos fundos e carteiras geridos pela Verde. Aos investidores é recomendada a leitura cuidadosa de lâminas, prospectos e/ ou regulamentos ao aplicar seus recursos. A Verde não se responsabiliza por erros, omissões ou pelo uso destas informações. Este material foi preparado com base em informações públicas, dados desenvolvidos internamente e outras fontes externas. A Verde não garante a veracidade e integridade das informações e dados ou que os mesmos estão livres de erros ou omissões. Recomendamos uma consulta às fontes mencionadas para maiores informações. As análises aqui apresentadas não pretendem conter todas as informações relevantes que um investidor deve considerar e, dessa forma, representam apenas uma visão limitada do mercado. As estimativas, conclusões, opiniões, sugestões de alocação, projeções e hipóteses apresentadas não constituem garantia ou promessa de rentabilidade e resultado ou de isenção de risco pela Verde. Ao investidor cabe a responsabilidade de informar-se sobre eventuais riscos previamente à tomada de decisão sobre investimentos. Este conteúdo não deve substituir o julgamento independente dos investidores. A Verde não se responsabiliza por danos oriundos de erros, omissões ou alterações nos fatores de mercado nem pelo uso das informações aqui contidas. Este conteúdo não pode ser copiado, reproduzido ou distribuído sem a prévia e expressa concordância da Verde.