Trabalhamos com criatividade e disciplina, com foco e abrangência para mapear as melhores oportunidades de investimento e antecipar tendências.

Dividimos com você, aqui, um pouco da forma Verde Asset Management de pensar.

Gestor do fundo Verde compra NTN-Bs para 2019

Trecho da entrevista com Luis Stuhlberger para o jornal Valor Econômico

Mesmo pessimista com o futuro que se desenha para a economia brasileira e diante da falta de credibilidade do governo, Luis Stuhlberger, à frente do Verde, um dos mais bem-sucedidos fundos de investimentos do país, prefere dar um crédito às NTN-Bs, títulos públicos que pagam uma taxa prefixada mais variação da inflação, a aplicar o caixa em CDI, juro interbancário de um dia. Mas são vencimentos curtos, ressalva o gestor. E a ideia é carregar. “Não tive coragem de ir para a 2050”, disse em entrevista exclusiva ao Valor.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Tags: , ,

 

Para Stuhlberger, câmbio está em nível errado

Trecho da matéria do jornal Valor Econômico sobre o Relatório de Gestão de Novembro/2015 do Fundo Verde

Stuhlberger, da Verde Asset, vê com perplexidade otimismo do estrangeiro. Foto: Valor

O gestor do fundo Verde, Luis Stuhlberger, famoso pela capacidade de acertar os movimentos do dólar, que poucos ousam estimar, acredita que o câmbio está no nível errado, mas que ainda não é o momento de aumentar a posição na moeda americana. “Haverá a hora certa de voltar a ter exposição muito mais alta em dólar, só não parece imediatamente… Permanecemos muito atentos”, escreveu o gestor no relatório referente a novembro. Hoje o dólar é uma das principais posições do fundo Verde, com 20% do patrimônio, boa parte investida em ações no exterior, segundo a carta do gestor.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Para ler o relatório de gestão de Novembro/2015 do Fundo Verde, clique aqui.

Tags: , , ,

 

Tempero nipônico no portfólio

Trecho da entrevista com Luiz Parreiras – entre outros gestores do mercado – para o jornal Valor Econômico

Gestores brasileiros, confiantes nas políticas do primeiro-ministro Shinzo Abe, aumentam presença japonesa em fundos para investidor local.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Tags: , , ,

 

Verde Asset, de Stuhlberger, reduz tíquete de fundos globais

Trecho da entrevista com Luiz Godinho para o jornal Valor Econômico

Os fundos que investem no exterior da gestora Verde Asset, de Luis Stuhlberger, vão ter aplicação mínima menor […] A aplicação mínima será reduzida do atual R$ 1 milhão para R$ 500 mil, na esteira das instruções nº 554 e 555 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que entraram em vigor em outubro.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Tags: , , ,

 

Sociedade não está pronta para caber no orçamento

Trecho da entrevista de Daniel Leichsenring para o jornal Valor Econômico

Daniel Leichsenring, da Verde: “Ano que vem não tem mais gasto para cortar. Se não elevar imposto, o déficit explode.” Foto: Luis Ushirobira/Valor

Há dois anos, quando o déficit nominal do setor público estava ao redor de 3% do Produto Interno Bruto (PIB), o economista-chefe da Verde Asset Management, Daniel Leichsenring, surpreendia ao indicar que esse déficit caminhava para os 6%. Hoje, diante de um déficit de 8,12% em 12 meses até junho, Leichsenring surpreende novamente: “A conclusão é que a gente esteve excessivamente otimista nos últimos anos porque a realidade era muito pior”, diz ele, meio brincando, meio a sério.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Tags: , , ,

 

Gestora de Stuhlberger abre irmão temporão do Verde

Trecho da entrevista com Luiz Parreiras para o jornal Valor Econômico

Parreiras, estrategista do Verde: "A flexibilidade da alocação dinâmica em dólar é o grande diferencial do Horizonte"

Parreiras, estrategista do Verde: “A flexibilidade da alocação dinâmica em dólar é o grande diferencial do Horizonte”. Foto: Luis Ushirobira/Valor

O fundo Verde já não é mais o único do mercado a se aproveitar da experiência da equipe de Luis Stuhlberger em renda fixa brasileira. Treze anos depois de o multimercado brasileiro mais famoso ter sido fechado para novas aplicações, a Verde Asset lança o Horizonte, com muitas características do primeiro filho, porém com ativos mais líquidos. A fama do gestor reflete-se no interesse dos investidores. Aberto para captação sem qualquer alarde desde abril, o fundo acaba de ultrapassar R$ 1 bilhão em patrimônio.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Tags: , ,

 

Juro real alcança maior nível desde 2008

Trecho da entrevista com Fernando Genta para o jornal Valor Econômico

Silvia Constanti/Valor

Foto: Silvia Constanti/Valor

 

Desde a retomada do ciclo de aperto monetário em outubro do ano passado, o juro real subiu de 5,39% para 7,65%, maior nível desde dezembro de 2008. Essa taxa, obtida pela diferença entre o contrato de “swap” com prazo de 360 dias e o IPCA projetado doze meses à frente, está acima do ponto chamado de “neutro” — aquele que permite que a economia cresça de acordo com seu potencial sem gerar pressões inflacionárias.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Tags: , ,

 

Gestores de valor dão crédito ao setor financeiro

Trecho da entrevista com Pedro Sales para a Revista ValorInveste

Foto: Claudio Belli/Valor

Foto: Claudio Belli/Valor

 

Enquanto a maior parte do mercado põe em xeque as ações do setor financeiro, os gestores de valor dão mais um voto de confiança a elas. Dentre 15 teses defendidas por eles no 8º Congresso Value Investing Brasil, na semana passada, o segmento foi o que mais concentrou indicações – quatro, sendo duas para Itaú e duas para Cetip.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Tags: , ,

 

Alta de taxa alemã tem pouco reflexo em juro local

Trecho da entrevista de Artur Wichmann — entre outros gestores do mercado — para o jornal Valor Econômico
Foto: Luis Ushirobira/Valor

Foto: Luis Ushirobira/Valor

A alta no rendimento pago pelos títulos alemães, que tem intrigado analistas globais, não é irracional, porém não tem muito mais fôlego. É a visão de gestores brasileiros, para quem é limitado o reflexo do movimento nas taxas locais, que têm motores próprios.

“O que o mercado vê agora é a volta de um movimento extremo, que tinha ido longe demais”, diz Artur Wichmann.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Tags: , , , ,

 

Projeções longas para inflação começam a ceder

Trecho da entrevista de Daniel Leichsenring para o jornal Valor Econômico
Foto: Luis Ushirobira/Valor
Foto: Luis Ushirobira/Valor

Se a inflação corrente assusta, rodando acima dos 7% em 12 meses, as expectativas para os próximos anos deixaram a zona de deterioração do fim do ano passado e voltam a se aproximar, ainda que lentamente, da meta estabelecida pelo Banco Central. Isso já é visto como um indício de que a chamada ‘ancoragem das expectativas’ pode estar sendo retomada. Sinal disso é que pela primeira vez desde outubro do ano passado, as projeções para a inflação em 2016 voltaram para 5,5%, segundo a mediana dos economistas ouvidos pelo BC. A tendência de baixa nas projeções se reflete nos anos subsequentes e chega a 4,8% em 2019 (era 4,9% na semana passada).

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Tags: , , ,

 


Este conteúdo foi preparado pela Verde Asset Management S.A., bem como suas sociedades afiliadas (conjuntamente “Verde”), tem caráter meramente informativo e não deve ser entendido como análise de valor mobiliário, material promocional, solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro ou investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégia de investimento por parte dos destinatários. As informações referem-se às datas e condições mencionadas e não serão atualizadas. Os cenários apresentados podem não se refletir nas estratégias dos diversos fundos e carteiras geridos pela Verde. Aos investidores é recomendada a leitura cuidadosa de lâminas, prospectos e/ ou regulamentos ao aplicar seus recursos. A Verde não se responsabiliza por erros, omissões ou pelo uso destas informações. Este material foi preparado com base em informações públicas, dados desenvolvidos internamente e outras fontes externas. A Verde não garante a veracidade e integridade das informações e dados ou que os mesmos estão livres de erros ou omissões. Recomendamos uma consulta às fontes mencionadas para maiores informações. As análises aqui apresentadas não pretendem conter todas as informações relevantes que um investidor deve considerar e, dessa forma, representam apenas uma visão limitada do mercado. As estimativas, conclusões, opiniões, sugestões de alocação, projeções e hipóteses apresentadas não constituem garantia ou promessa de rentabilidade e resultado ou de isenção de risco pela Verde. Ao investidor cabe a responsabilidade de informar-se sobre eventuais riscos previamente à tomada de decisão sobre investimentos. Este conteúdo não deve substituir o julgamento independente dos investidores. A Verde não se responsabiliza por danos oriundos de erros, omissões ou alterações nos fatores de mercado nem pelo uso das informações aqui contidas. Este conteúdo não pode ser copiado, reproduzido ou distribuído sem a prévia e expressa concordância da Verde.